Como usar o Git para Gerenciar seu Projeto de Redação

Introdução

O controle de versão não é apenas para código. É para qualquer coisa que você queira acompanhar, incluindo conteúdo. Usar o Git para gerenciar o seu próximo projeto de redação permite a você exibir vários rascunhos ao mesmo tempo, ver diferenças entre esses rascunhos e até reverter para uma versão anterior. E se você estiver confortável com isso, poderá compartilhar seu trabalho com outras pessoas no GitHub ou em outros repositórios centrais do Git.

Neste tutorial, você usará o Git para gerenciar um pequeno documento Markdown. Você armazenará uma versão inicial, fará o commit ou confirmação dela, fará alterações, visualizará a diferença entre essas alterações e revisará a versão anterior. Quando terminar, você terá um fluxo de trabalho que poderá aplicar aos seus próprios projetos de redação.

Pré-requisitos

  • Git instalado em seu computador local. O tutorial How to Contribute to Open Source: Getting Started with Git orienta você na instalação do Git e cobre algumas informações básicas que você pode achar úteis.

Passo 1 — Criando um Espaço de Trabalho para Seu Projeto de Redação

Para gerenciar suas alterações, você criará um repositório Git local. Um repositório Git vive dentro de um diretório existente; portanto, comece criando um novo diretório para o seu artigo:

  • mkdir artigo

Mude para o novo diretório artigo:

  • cd artigo

O comando git init cria um novo repositório Git vazio no diretório atual. Execute esse comando agora:

  • git init

Você verá a seguinte saída que confirma que seu repositório foi criado:

OutputInitialized empty Git repository in /Users/sammy/artigo/.git/ 

O arquivo .gitignore permite que você informe ao Git que alguns arquivos devem ser ignorados. Você pode usar isso para ignorar arquivos temporários que seu editor de texto possa criar ou arquivos de sistemas operacionais. No macOS, por exemplo, o aplicativo Finder cria arquivos .DS_Store em diretórios. Crie um arquivo .gitignore que os ignore:

  • nano .gitignore

Adicione as seguintes linhas ao arquivo:

.gitignore

# Ignore Finder files .DS_store 

A primeira linha é um comentário, que o ajudará a identificar o que você está ignorando no futuro. A segunda linha especifica o arquivo a ser ignorado.

Salve o arquivo e saia do editor.

À medida que você descobrir mais arquivos que deseja ignorar, abra o arquivo .gitignore e adicione uma nova linha para cada arquivo ou diretório que deseja ignorar.

Agora que seu repositório está configurado, você pode começar a trabalhar.

Passo 2 — Salvando Seu Rascunho Inicial

O Git só conhece os arquivos que você conta para ele. Só porque um arquivo existe no diretório que contém o repositório não significa que o Git irá rastrear suas alterações. Você precisa adicionar o arquivo ao repositório e confirmar as alterações.

Crie um novo arquivo Markdown chamado artigo.md:

  • nano artigo.md

Adicione algum texto ao arquivo:

artigo.md

# Como Usar o Git para Gerenciar seu Projeto de Redação  ### Introdução  O controle de versão não é apenas para código. É para qualquer coisa que você queira acompanhar, incluindo conteúdo. Usar o [Git](https://git-scm.com) para gerenciar o seu próximo projeto de redação permite a você exibir vários rascunhos ao mesmo tempo, ver diferenças entre esses rascunhos e até reverter para uma versão anterior. E se você estiver confortável com isso, poderá compartilhar seu trabalho com outras pessoas no GitHub ou em outros repositórios centrais do Git.   Neste tutorial, você usará o Git para gerenciar um pequeno documento Markdown. Você armazenará uma versão inicial, fará o commit ou confirmação dela, fará alterações, visualizará a diferença entre essas alterações e revisará a versão anterior. Quando terminar, você terá um fluxo de trabalho que poderá aplicar aos seus próprios projetos de redação. 

Salve as alterações e saia do editor.

O comando git status mostrará o estado do seu repositório. Ele mostrará quais arquivos precisam ser adicionados para que o Git possa rastreá-los. Execute este comando:

  • git status

Você verá esta saída:

OutputOn branch master  No commits yet  Untracked files:   (use "git add <file>..." to include in what will be committed)      .gitignore     artigo.md  nothing added to commit but untracked files present (use "git add" to track) 

Na saída, a seção Untracked files mostra os arquivos que o Git não está vendo. Esses arquivos precisam ser adicionados ao repositório para que o Git possa observá-los quanto a alterações. Use o comando git add para fazer isso:

  • git add .gitignore
  • git add artigo.md

Agora execute o git status para verificar se esses arquivos foram adicionados:

OutputOn branch master  No commits yet  Changes to be committed:   (use "git rm --cached <file>..." to unstage)      new file:   .gitignore     new file:   artigo.md  

Agora os dois arquivos estão listados na seção Changes to be committed, ou seja, alterações a serem confirmadas. O Git sabe sobre eles, mas ainda não criou um instantâneo do trabalho. Use o comando git commit para fazer isso.

Quando você cria um novo commit, você precisa fornecer uma mensagem de commit. Uma boa mensagem de commit fala sobre quais são as suas alterações. Quando você está trabalhando com outras pessoas, quanto mais detalhadas forem suas mensagens de commit, melhor.

Use o comando git commit para confirmar suas alterações:

  • git commit -m "Adicionar arquivo gitignore e versão inicial do artigo"

A saída do comando mostra que os arquivos foram confirmados:

Output[master (root-commit) 95fed84] Adicionar arquivo gitignore e versão inicial do artigo  2 files changed, 9 insertions(+)  create mode 100644 .gitignore  create mode 100644 artigo.md 

Use o comando git status para ver o estado do repositório:

  • git status

A saída mostra que não há alterações que precisam ser adicionadas ou confirmadas.

OutputOn branch master nothing to commit, working tree clean 

Agora vamos ver como trabalhar com alterações.

Passo 3 — Salvando Revisões

Você adicionou sua versão inicial do artigo. Agora você adicionará mais texto para poder ver como gerenciar alterações com o Git.

Abra o artigo no seu editor:

  • nano artigo.md

Adicione um pouco mais de texto ao final do arquivo:

## Pré-requisitos  * Git instalado em seu computador local. O tutorial [How to Contribute to Open Source: Getting Started with Git](https://www.digitalocean.com/community/tutorials/how-to-contribute-to-open-source-getting-started-with-git) orienta você na instalação do Git e cobre algumas informações básicas que você pode achar úteis.  

Salve o artigo

Use o comando git status para ver onde estão as coisas no seu repositório:

  • git status

A saída mostra que há alterações:

OutputOn branch master Changes not staged for commit:   (use "git add <file>..." to update what will be committed)   (use "git checkout -- <file>..." to discard changes in working directory)      modified:   artigo.md  no changes added to commit (use "git add" and/or "git commit -a")  

Como esperado, o arquivo artigo.md sofreu alterações.

Use git diff para ver o quais são elas:

  • git diff artigo.md

A saída mostra as linhas que você adicionou:

diff --git a/artigo.md b/artigo.md index 77b081c..ef6c301 100644 --- a/artigo.md +++ b/artigo.md @@ -5,3 +5,7 @@  O controle de versão não é apenas para código. É para qualquer coisa que você queira acompanhar, incluindo conteúdo. Usar o [Git](https://git-scm.com) para gerenciar o seu próximo projeto de redação permite a você exibir vários rascunhos ao mesmo tempo, ver diferenças entre esses rascunhos e até reverter para uma versão anterior. E se você estiver confortável com isso, poderá compartilhar seu trabalho com outras pessoas no GitHub ou em outros repositórios centrais do Git.    Neste tutorial, você usará o Git para gerenciar um pequeno documento Markdown. Você armazenará uma versão inicial, fará o commit ou confirmação dela, fará alterações, visualizará a diferença entre essas alterações e revisará a versão anterior. Quando terminar, você terá um fluxo de trabalho que poderá aplicar aos seus próprios projetos de redação. + +## Pré-requisitos + +* Git instalado em seu computador local. O tutorial [How to Contribute to Open Source: Getting Started with Git](https://www.digitalocean.com/community/tutorials/how-to-contribute-to-open-source-getting-started-with-git) orienta você na instalação do Git e cobre algumas informações básicas que você pode achar úteis.  

Na saída, linhas começando com um sinal de mais (+) são linhas que você adicionou. As linhas removidas apareceriam com um sinal de menos (-). As linhas inalteradas não teriam nenhum desses caracteres na frente.

Usar git diff e git status é uma maneira útil de ver o que você mudou. Você também pode salvar o diff em um arquivo para visualizá-lo mais tarde com o seguinte comando:

  • git diff artigo.md > artigo_diff.diff

O uso da extensão .diff ajudará seu editor de texto a aplicar o realce apropriado da sintaxe.

Salvar as alterações no seu repositório é um processo de duas etapas. Primeiro, adicione o arquivo artigo.md novamente e depois faça o commit. O Git quer que você diga a ele explicitamente quais arquivos estão em cada commit, portanto, mesmo que você tenha adicionado o arquivo antes, você deve adicioná-lo novamente. Note que a saída do comando git status lembra você disso.

Adicione o arquivo e faça o commit das alterações, fornecendo uma mensagem de commit:

  • git add artigo.md
  • git commit -m "adicionada seção de pré-requisitos"

A saída verifica que o commit funcionou:

Output[master 1fbfc21] adicionada seção de pré-requisitos  1 file changed, 4 insertions(+) 

Use git status para ver o status do seu repositório. Você verá que não há mais nada a fazer.

  • git status
OutputOn branch master nothing to commit, working tree clean 

Continue esse processo enquanto revisa seu artigo. Faça as alterações, verifique-as, adicione o arquivo e faça o commit das alterações com uma mensagem detalhada. Faça commit de suas alterações com a frequência que desejar. Você pode realizar um commit depois de concluir cada rascunho ou antes de fazer uma grande reformulação da estrutura do seu artigo.

Se você enviar um rascunho de um documento para outra pessoa e ela fizer alterações, pegue a cópia e substitua o arquivo pelo dela. Em seguida, use git diff para ver rapidamente as alterações que ela fez. O Git verá as alterações, tenha você digitado diretamente ou substituido o arquivo por um que você baixou da web, e-mail ou outro local.

Agora, vamos analisar o gerenciamento das versões do seu artigo.

Passo 4 — Gerenciando Alterações

Às vezes, é útil olhar para uma versão anterior de um documento. Sempre que você usou o git commit, você forneceu uma mensagem útil que resume o que você fez.

O comando git log mostra o histórico de commit do seu repositório. Toda mudança que você fez commit tem uma entrada no log.

  • git log
Outputcommit 1fbfc2173f3cec0741e0a6b21803fbd0be511bc4 Author: Sammy Shark <[email protected]> Date:   Thu Sep 19 16:35:41 2019 -0500      adicionada seção de pré-requisitos  commit 95fed849b0205c49eda994fff91ec03642d59c79 Author: Sammy Shark <[email protected]> Date:   Thu Sep 19 16:32:34 2019 -0500      Adicionar arquivo gitignore e versão inicial do artigo 

Cada commit possui um identificador específico. Você usa esse número para referenciar as alterações de um commit específico. Você só precisa dos primeiros caracteres do identificador. O comando git log --oneline fornece a você uma versão condensada do log com identificadores mais curtos:

  • git log --oneline
Output1fbfc21 adicionada seção de pré-requisitos 95fed84 Adicionar arquivo gitignore e versão inicial do artigo 

Para visualizar a versão inicial do seu arquivo, use git show e o identificador do commit. Os identificadores no seu repositório serão diferentes dos que estão nesses exemplos.

  • git show 95fed84 artigo.md

A saída mostra os detalhes do commit, bem como as alterações que ocorreram durante esse commit:

Outputcommit 95fed849b0205c49eda994fff91ec03642d59c79 Author: Sammy Shark <[email protected]> Date:   Thu Sep 19 16:32:34 2019 -0500      Adicionar arquivo gitignore e versão inicial do artigo  diff --git a/artigo.md b/artigo.md new file mode 100644 index 0000000..77b081c --- /dev/null +++ b/artigo.md @@ -0,0 +1,7 @@ +# Como Usar o Git para Gerenciar seu Projeto de Redação + +### Introdução + +O controle de versão não é apenas para código. É para qualquer coisa que você queira acompanhar, incluindo conteúdo. Usar o [Git](https://git-scm.com) para gerenciar o seu próximo projeto de redação permite a você exibir vários rascunhos ao mesmo tempo, ver diferenças entre esses rascunhos e até reverter para uma versão anterior. E se você estiver confortável com isso, poderá compartilhar seu trabalho com outras pessoas no GitHub ou em outros repositórios centrais do Git. + +Neste tutorial, você usará o Git para gerenciar um pequeno documento Markdown. Você armazenará uma versão inicial, fará o commit ou confirmação dela, fará alterações, visualizará a diferença entre essas alterações e revisará a versão anterior. Quando terminar, você terá um fluxo de trabalho que poderá aplicar aos seus próprios projetos de redação. 

Para ver o próprio arquivo, modifique o comando levemente. Em vez de um espaço entre o identificador do commit e o arquivo, substitua por :./ assim:

  • git show 95fed84:./artigo.md

Você verá o conteúdo desse arquivo, nessa revisão:

Output### Introdução  O controle de versão não é apenas para código. É para qualquer coisa que você queira acompanhar, incluindo conteúdo. Usar o [Git](https://git-scm.com) para gerenciar o seu próximo projeto de redação permite a você exibir vários rascunhos ao mesmo tempo, ver diferenças entre esses rascunhos e até reverter para uma versão anterior. E se você estiver confortável com isso, poderá compartilhar seu trabalho com outras pessoas no GitHub ou em outros repositórios centrais do Git.   Neste tutorial, você usará o Git para gerenciar um pequeno documento Markdown. Você armazenará uma versão inicial, fará o commit ou confirmação dela, fará alterações, visualizará a diferença entre essas alterações e revisará a versão anterior. Quando terminar, você terá um fluxo de trabalho que poderá aplicar aos seus próprios projetos de redação. 

Você pode salvar essa saída em um arquivo se precisar disso para outra coisa:

  • git show 95fed84:./artigo.md > old_artigo.md

À medida que você fizer mais alterações, seu log aumentará e você poderá revisar todas as alterações feitas no seu artigo ao longo do tempo.

Conclusão

Neste tutorial, você usou um repositório Git local para rastrear as alterações no seu projeto de redação. Você pode usar essa abordagem para gerenciar artigos individuais, todas as postagens do seu blog ou até mesmo seu próximo romance. E se você enviar seu repositório para o GitHub, poderá convidar outras pessoas para ajudá-lo a editar seu trabalho.