Como usar o Axios com o React

Introdução

Muitos projetos na internet precisam interagir com uma API REST em algum ponto em seu desenvolvimento. O Axios é um cliente HTTP leve baseado no serviço $http dentro do Angular.js v1.x e é semelhante à API Fetch nativa do JavaScript.

O Axios é baseado em promessas, o que oferece a capacidade de aproveitar o async e await do JavaScript para um código assíncrono mais legível.

Também é possível interceptar e cancelar solicitações, e existe uma proteção integrada do lado do cliente contra a falsificação de solicitações entre sites.

Neste artigo, você irá explorar exemplos de como usar o Axios para acessar a famosa API JSON Placeholder dentro de um aplicativo React.

Pré-requisitos

Para acompanhar este artigo, será necessário o seguinte:

  • A versão 10.16.0 do Node.js instalada em seu computador. Para instalar essa versão em macOS ou Ubuntu 18.04, siga os passos descritos no artigo How To Install Node.js and Create a Local Development Environment on macOS ou a seção intitulada Installing Using a PPA, do artigo How To Install Node.js on Ubuntu 18.04.
  • Um projeto React novo configurado com o Create React App seguindo o tutorial Como configurar um projeto do React com o Create React App.
  • Também será útil ter uma compreensão básica do JavaScript. Para tanto, consulte a série sobre Como programar em JavaScript, bem como os fundamentos básicos sobre HTML e CSS.

Passo 1 — Adicionando o Axios ao projeto

Neste seção, você irá adicionar o Axios ao projeto React digital-ocean-tutorial que você criou seguindo o tutorial Como configurar um projeto do React com o Create React App.

Para adicionar o Axios ao projeto, abra seu terminal e mude os diretórios nele:

  • cd digital-ocean-tutorial

Em seguida, execute este comando para instalar o Axios:

  • npm install axios

Depois disso, será necessário importar o Axios para dentro do arquivo no qual você deseja usá-lo.

Passo 2 — Criando uma solicitação GET

Neste exemplo, um novo componente será criado e o Axios será importado nele para enviar uma solicitação GET.

Dentro da pasta src do seu projeto React, crie um novo componente chamado PersonList.js:

  • nano src/PersonList.js

Adicione o código a seguir ao componente:

digital-ocean-tutorial/src/PersonList.js

import React from 'react';  import axios from 'axios';  export default class PersonList extends React.Component {   state = {     persons: []   }    componentDidMount() {     axios.get(`https://jsonplaceholder.typicode.com/users`)       .then(res => {         const persons = res.data;         this.setState({ persons });       })   }    render() {     return (       <ul>         { this.state.persons.map(person => <li>{person.name}</li>)}       </ul>     )   } } 

Primeiro, você importa o React e o Axios para que ambos possam ser usados no componente. Em seguida, entra no gancho de ciclo de vida componentDidMount e executa uma solicitação GET.

Você usa o axios.get(url) com uma URL de um ponto de extremidade da API para obter uma promessa que retorna um objeto de resposta. Dentro do objeto de resposta, há dados aos quais é atribuído o valor de person.

Além disso, é possível obter outras informações sobre a solicitação, como o código de status em res.status ou mais informações dentro de res.request.

Passo 3 — Criando uma solicitação POST

Neste passo, você usará o Axios com outro método de solicitação HTTP chamado POST.

Remova o código anterior em PersonList e adicione o seguinte para criar um formulário que permite a entrada do usuário e posteriormente POSTs (posta) o conteúdo em uma API:

digital-ocean-tutorial/src/PersonList.js

 import React from 'react'; import axios from 'axios';  export default class PersonList extends React.Component {   state = {     name: '',   }    handleChange = event => {     this.setState({ name: event.target.value });   }    handleSubmit = event => {     event.preventDefault();      const user = {       name: this.state.name     };      axios.post(`https://jsonplaceholder.typicode.com/users`, { user })       .then(res => {         console.log(res);         console.log(res.data);       })   }    render() {     return (       <div>         <form onSubmit={this.handleSubmit}>           <label>             Person Name:             <input type="text" name="name" onChange={this.handleChange} />           </label>           <button type="submit">Add</button>         </form>       </div>     )   } } 

Dentro da função handleSubmit, você impede a ação padrão do formulário. Em seguida, atualiza o state para a entrada do user.

Usar o POST gera o mesmo objeto de resposta com informações que podem ser usadas dentro de uma chamada then.

Para completar a solicitação POST, você primeiramente captura a entrada do user. Em seguida, adiciona a entrada juntamente com a solicitação POST, o que lhe dará uma resposta. Depois disso, você pode aplicar o console.log na resposta, o que mostra a entrada do user no formulário.

Passo 4 — Criando uma solicitação DELETE

Neste exemplo, você verá como excluir itens de uma API usando o axios.delete e passando uma URL como um parâmetro.

Altere o código do formulário do exemplo do POST para excluir um usuário ao invés de adicionar um novo:

digital-ocean-tutorial/src/PersonList.js

 import React from 'react'; import axios from 'axios';  export default class PersonList extends React.Component {   state = {     id: '',   }    handleChange = event => {     this.setState({ id: event.target.value });   }    handleSubmit = event => {     event.preventDefault();      axios.delete(`https://jsonplaceholder.typicode.com/users/${this.state.id}`)       .then(res => {         console.log(res);         console.log(res.data);       })   }    render() {     return (       <div>         <form onSubmit={this.handleSubmit}>           <label>             Person ID:             <input type="text" name="id" onChange={this.handleChange} />           </label>           <button type="submit">Delete</button>         </form>       </div>     )   } } 

Novamente, o objeto res fornece informações sobre a solicitação. Em seguida, você pode usar novamente o console.log nessas informações após o formulário ser enviado.

Passo 5 — Usando uma instância base no Axios

Neste exemplo, você verá como configurar uma instância base na qual é possível definir uma URL, além de qualquer outro elemento de configuração.

Crie um arquivo separado chamado api.js:

  • nano src/api.js

Exporte uma nova instância axios com esses valores padrão:

digital-ocean-tutorial/src/api.js

import axios from 'axios';  export default axios.create({   baseURL: `http://jsonplaceholder.typicode.com/` }); 

Assim que a instância padrão for configurada, ela pode então ser usada dentro do componente PersonList. Importe uma nova instância desta forma:

digital-ocean-tutorial/src/PersonList.js

import React from 'react'; import axios from 'axios';  import API from '../api';  export default class PersonList extends React.Component {   handleSubmit = event => {     event.preventDefault();      API.delete(`users/${this.state.id}`)       .then(res => {         console.log(res);         console.log(res.data);       })   } } 

Como http://jsonplaceholder.typicode.com/ é agora a URL base, não é mais necessário escrever toda a URL sempre que quiser acessar um ponto de extremidade diferente na API.

Passo 6 — Usando o async e await

Neste exemplo, você verá como usar o async e await para trabalhar com promessas.

A palavra-chave await resolve a promise e retorna o value. Depois disso, o value pode ser atribuído a uma variável.

handleSubmit = async event => {   event.preventDefault();    //   const response = await API.delete(`users/${this.state.id}`);    console.log(response);   console.log(response.data); }; 

Nesse exemplo de código, o .then() foi substituído. A promessa é resolvida, e o valor é armazenado dentro da variável response.

Conclusão

Neste tutorial, você explorou diversos exemplos sobre como usar o Axios dentro de um aplicativo React para criar solicitações HTTP e processar as repostas.

Se quiser aprender mais sobre o React, confira a série Como programar no React.js, ou veja a página de tópico do React para mais exercícios e projetos de programação.